0
0
0
s2sdefault

 

Os vidros são classificados pela Associação Brasileira de Normas Técnica – ABNT, em sua NBR 10004/2004, como resíduo não perigoso (inerte classe II B), ou seja, não são biodegradáveis e permanecem na natureza por muitos anos. 

Por esse motivo, o descarte deste material em locais inapropriados pode trazer diversos impactos ao meio ambiente. O mais adequado é que seja feita a reciclagem dos materiais feitos em vidro, visto que ele pode ser reciclado infinitas vezes. Além disso, o vidro é um material que não perde suas características ao passar por um processo de reciclagem, podendo assim retornar à cadeia produtiva sem perder sua qualidade.

Aspecto que deve ser considerado em sua reciclagem é o menor consumo na quantidade de energia e menor emissão de resíduos particulados de CO2, contribuindo para a preservação do meio ambiente. Outro fator importante é que, além da redução no uso de novas matérias primas, a reciclagem do vidro permite boa redução nos custos relacionados à destinação para aterro sanitário, além de propiciar aumento na sua vida útil. 

Em Salvador, a prefeitura, por meio de parceria Secretaria de Sustentabilidade e Resiliência - SECIS com o programa SO + MA Vantagens (Casas SO+MA), disponibiliza à população pontos de entrega voluntária desse tipo de material.

O programa SO + MA Vantagens possui como objetivo principal influenciar novos comportamentos e estimular atitudes positivas, funcionando através de um sistema de benefícios, por meio do qual os cidadãos transformam seus materiais recicláveis em pontos que podem ser trocados por produtos alimentícios, de higiene pessoal, cursos profissionalizantes, etc.

Assim, descartando os resíduos nos pontos de coleta da Casa SO+MA, a população causa impacto positivo no meio ambiente, na cidade e nos comércios locais, e ainda ganha recompensas por isso. Atualmente, existem 10 (dez) contêineres do projeto espalhados pela cidade, com a previsão de chegar ao número total de 12 (doze), que além de vidro, recebem demais tipos de materiais recicláveis.

Abaixo, segue os bairros com os respectivos endereços dos locais de entrega, já disponibilizados à população: 

• Stella Maris – Praça de Stella Maris (Alameda Praia de Guaratuba);

• Paripe – Prefeitura Bairro Subúrbio e Ilhas (Rua Pará, nº 15)

• Ribeira – Largo do Papagaio;

• Pituba – Praça Ana Lúcia Magalhães;

• Periperi – Praça da Revolução;

• Iguatemi – BIG Iguatemi (Avenida Antônio Carlos Magalhães, nº 3650);

• Cajazeiras – Campo da Pronaica, Cajazeiras X;

• Imbuí – Praça do Imbuí;

• Mussurunga – Assaí Mussurunga (Rua Professor Plínio Garcez de Sena, nº 1240);

• Pilar – Rua do Pilar (em frente a Igreja Nossa Senhora do Pilar).

• Rio Vermelho – Vila Caramuru (Praça Caramuru 2).

Vale salientar, que, antes de realizar a entrega, se os vidros estiveram quebrados, é importante que sejam acondicionados em garrafas pets ou caixas. Todo material reciclável é direcionado para cooperativas de catadores de matérias recicláveis, contribuindo para geração de renda na cidade.

O endereço eletrônico do projeto pode ser acessado através do link: https://somosasoma.com.br/.

Além disso, algumas cooperativas de catadores de materiais recicláveis atuantes no município recebem diretamente o material.