0
0
0
s2sdefault
14.06.2018

LIMPURB realiza palestra sobre coleta seletiva e reciclagem em escola da rede municipal

Você sabe quanto tempo uma garrafinha plástica leva para se decompor?. E os 3 Rs da sustentabilidade, sabe quais são? Na tarde desta quarta-feira (13) essas e outras questões foram respondidas em uma palestra realizada pela LIMPURB na Escola Municipal Francisca de Sande, localizada no bairro de Alto de Coutos. 

A iniciativa de convidar a Empresa de Limpeza Urbana de Salvador para falar sobre coleta seletiva e reciclagem partiu do estudante de pedagogia e agente de educação, Elielson Pinheiro, que enxergou uma oportunidade de proporcionar aos alunos uma reflexão maior sobre essa temática. “Aproveitando que estamos no mês que comemora o dia do meio ambiente, minha intenção foi que as crianças tivessem acesso a mais informações sobre a forma correta de descartar o lixo e eu sei que a LIMPURB tem propriedade para falar sobre o assunto”, comentou. 

Crianças entre oito e 14 anos tiveram um panorama geral sobre a coleta de lixo do município, aprenderam sobre o tempo de decomposição dos resíduos  e as consequências que são geradas quando existe o descarte incorreto. Itamar Figueiroa, integrante da equipe de educação ambiental da LIMPURB, acredita no potencial formador que ocasiões como essa proporcionam aos alunos. “Os estudantes conseguem compreender e levam para o seu cotidiano tudo que aprenderam. Se tornam verdadeiros multiplicadores do conhecimento e compartilham com pais, vizinhos e amigos essas boas práticas que são ensinadas em sala de aula”, destacou. 

Perguntas, comentários e os olhares atentos não esconderam o quanto os alunos estavam gostando do que aprendiam durante a aula.  Davi dos Reis, de 10 anos, comentou que memorizou os 3Rs da sustentabilidade . “Aprendi que devemos reduzir, reutilizar e reciclar e que, o lixo deve ser jogado no lixo para cuidar da natureza”, comentou.  Engajada e curiosa, Samara Íris de apenas 9 anos, contou que sempre busca na internet formas criativas de reciclar materiais descartáveis e tenta reproduzir em casa. “É importante a gente reciclar para não prejudicar a natureza”, afirmou. 

A diretora, Letícia Macêdo, relatou que está sendo formada uma nova cultura na escola visando fomentar a necessidade de que cada aluno compreenda o seu papel de cidadão, zelando pela limpeza e conservação do meio ambiente. “Como crianças, eles sempre contam aos pais e familiares tudo que aprenderam em sala de aula e ao compartilhar informações como as que tiveram hoje durante a palestra, por exemplo, acabam instigando a reflexão para a mudança de comportamento”, enfatizou. 

Reconhecendo o valor de ações como essa, o presidente da LIMPURB, Leonardo Oliveira, preza pelo atendimento, sempre que possível, das solicitações feitas pelas escolas, creches, empresas e comunidades que se interessem pelo tema da educação ambiental.  “Nossas campanhas educacionais  têm o objetivo de fazer com que as pessoas compreendam que quando uma pessoa joga o lixo em local inapropriado, os impactos são sentidos por todos, principalmente pelo meio ambiente”, declarou.

 

0
0
0
s2sdefault